16 de fevereiro de 2017

Universo Alternativo: O que aprendi com a blogosfera? #2


Oi! Tudo bom? No post de hoje eu vou dar continuidade ao projeto de escrita mensal criado pela Jaque do blog 4sphyxi4 lá pro grupo Universo Alternativo. Confira a primeira postagem. :)


Como eu já contei na primeira postagem deste projeto eu não sou nenhuma antigona do mundo dos blogs, maaaas mesmo assim eu não pude deixar de aprender algumas coisas com esse mundo que é a blogosfera. Então, pra ficar melhor de entender eu separei tudinho por tópicos...vamos lá:

1. Criar um post dá muito trabalho.
Desde a parte de ter uma ideia, colocar ela em prática, pesquisando sobre o assunto que você quer abordar, sentar pra escrever, produzir imagens, buscar referências, formatar o post do jeitinho que você quer, até a parte de divulgação e interação com outros blogs, além de manter as redes sociais atualizadas regularmente........ ufa, já deu pra ver que não é fácil.

2. Crescer nesse meio não é nada fácil.
Quem entra nesse mundo com o pensamento de que só precisa escrever qualquer coisa pra ficar famoso ou ganhar coisas está muito iludido. Até porque se você criar um blog só com esse propósito provavelmente ele não vai durar muito, já que você não vai gostar do que faz e logo perderá a motivação pra continuar, porque como eu já disse ali em cima a parte de criação não é fácil e se você não estiver comprometido com seu blog pode ter certeza que você não vai durar nesse meio. 

3. Tem muita gente maravilhosa e talentosa escrevendo por ai.
Acredito que essa com certeza é a melhor parte da blogosfera: poder conhecer e acompanhar pessoas maravilhosas que se dedicam com tanto carinho aos seus blogs e produzem trabalhos fantásticos.

4. Mas também tem muita gente babacona ganhando muito mais visibilidade do que quem realmente merece.
Acho que esse tópico nem precisa de muita explicação né? Afinal, como tudo no mundo tem gente com trabalho porco que cresce em determinada área sem nem merecer, enquanto quem faz produtos de qualidade não tem o reconhecimento adequado. 

5. Mas no fim das contas ter um blog faz um bem danado pra autoestima.
Tá bom, junto com conhecer bloguinhos lindos essa também é uma das minhas partes preferidas de ter um blog. Antes de 2013 eu evitava ao máximo ser fotografada por outras pessoas...nunca na vida ia me imaginar produzindo ensaios fotográficos e gostando disso, e ainda por cima divulgando nessa internet de meu deus em que todo mundo pode ter acesso. Sério, provavelmente quem acompanha o blog nunca ia pensar que, com a maioria dos meus posts sendo de looks, um dia eu pudesse ter passado por isso...até eu mesma penso nisso. 


Eu pensei que ia ter mais dificuldades pra escrever esse post, mas até que me sai bem. haha Não se esqueçam de visitar as postagens das outras meninas que estão participando desse projetinho lindo do amor:

14 comentários

  1. Lara, não tem como discordar de nenhum ponto! Tem uma galera que acha que blog é trabalho fácil e coisa de "desocupado", mas não é bem assim, primeiro pq a ideia de "trabalho" é algo que exige esforço, segundo pq a gente encontra todo tipo de pessoa na blogosfera, desde adolescentes que no momento só tem a escola como responsabilidade, passando por jovens adultos que trabalham, tem curso/faculdade e outras coisas, até quem é mais velho e tem filhos e tal. pra conciliar tanta coisa, só com muito amor pelo que faz, mesmo! O item 3 é super verdade, também. Os melhores posts que li na vida vieram de blogs pouco conhecidos, e acho que até hj meu blogroll é de gente que não é tão famosa.
    E realmente, quando vejo tuas fotos, já imagino uma pessoa que sempre amou ser fotografada, sério hahahaha Fiquei surpresa com tua revelação XD
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Deb...pior coisa que tem é você falar que tem um blog e as pessoas virarem pra você e falar: aaah, mas e um emprego de verdade, você tem também né? CARAIO MEU! Igual com a fotografia...sempre me falam: Aaah, mas com uma câmera dessas ai até eu faço umas fotos bonitas também...ou o clássico: Tenho um conhecido que faz muito mais barato que você. É cada uma que a gente tem que aguentar.
      E é bem verdade isso que você falou...quando comecei o blog estava só estudando e tals, agora que já me formei tenho que me preocupar com outras coisas, como procurar emprego, continuar estudando, cuidar da casa, ficar com o namorado e por ai vai. Foda quando chega alguém que não sabe da tua vida e vem querer dizer que blog é coisa de gente desocupada.

      Excluir
  2. Eu odeio essa questão do tópico 4, gente que grava vídeos no YT mas claramente nem sabe do tema que está abordando, que faz post porco, faz tutorial que não sabe mostrar a maquiagem ou nem sabe maquiar... Me cansa. Um monte de blogueira famosa sem conteúdo e um monte de blog pequeno riquíssimo em detalhes. E detalhes são coisas que sempre reparo. Ainda bem que tem um monte de blogueira ótima que compensa tudo isso.
    Ainda tenho esse fardo nas minhas costas sobre fotos. Ainda tenho um pouco de receito de fotos e etc, tenho medo de alguem que me conhece vir comentar algo babaca e tal.
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lina...são pouquíssimos, mas pouquíssimos mesmo os blogs grandes que eu acompanho. Acho que dá pra contar nos dedos de uma mão só, porque além de ser sempre os mesmos conteúdos que elas abordam dá pra ver que elas não se aprofundam nos temas. Isso é bem chato. E o pior é ver gente que não tá nem ai pro seu conteúdo e pros seus seguidores ganhando muita visibilidade. Por isso muitas vezes eu só visito os bloguinhos amigos e deixo pra lá de conhecer gente "grandona".
      E nessa questão das fotos eu só comecei a deixar me fotografarem porque comecei sendo fotografada por pessoas da minha confiança...hoje em dia mesmo, quem me fotografa é só meu boy. Não dá pra confiar em qualquer um...mesmo conhecidos.

      Excluir
  3. Nossa cara, concordo em tudo com você, e como tem gente que não faz o mínimo super ganhando créditos por ai, nossa, blogueiras fazendo exatamente as mesmas coisas que outras, tudo igual, esquecendo de quem realmente são, só porque é o caminho mais fácil de ganhar visibilidade. Isso me entristece, mas me lembra de que sou única, e cada blogueira que sigo também. Eu quero é conteúdo, conhecer pessoas de verdade.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caaara, verdade mesmo! Eu entro em 498729384398718 blogs diferentes quando estou procurando novos blogs pra poder acompanhar e parece que eu entrei no mesmo blog. Tá doido...sempre são os mesmos layouts, mesmos temas...tudo naquele padrão mainstream. Ai acabo desistindo e acompanhando mesmo só os meus bloguinhos queridos do coração.

      Excluir
  4. Oi, Lara!

    Primeiro de tudo: tem muita gente babacona ganhando visibilidade sem merecer! Canais de YouTube com vídeos "Trollei minha melhor amiga" e coisas do tipo tem milhões e milhões de seguidores, enquanto muita gente tem um trabalho super massa, bem pesquisado, e não tem visibilidade. As minas que eu sigo fazem um trabalho super bacana e eu procuro sempre incentivar isso! Crescer nesse meio é bem difícil, ainda mais quando a gente se recusa a fazer todas as palhaçadas que alguns fazem para crescer. Mas vamos seguindo, né?
    Beijooooo, Lara linda!
    http://vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim né? O tanto de vídeo de Amoeba, trollagem, treta e esses assuntos assim sem conteúdo e que dá pra ver que a pessoa ta fazendo só pra ganhar views... blé --'
      Por isso muitas vezes eu deixo de procurar novos conteúdos, porque 99% do que vou encontrar é porquera.

      Excluir
  5. Que massa essa tua postagem, Lara! Adorei saber que o blog te fez mudar a visão de "fotografar a si mesma", parece um passo super difícil de atravessar quando a gente fica meio receosa com isso, né? Muito legal. ^^

    Sobre a visibilidade enorme de blogs qualquer coisa, isso é chato mesmo, acaba nos fazendo questionar se continuamos ou não blogando muitas vezes. Mas é aquela coisa: Enquanto tá te fazendo bem, o melhor é sempre continuar! ^^


    A Guria de Moletom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor coisa do mundo é ter um cantinho só seu que te faça sentir super bem...mesmo com todos esses lados chatos que muitas vezes, como você falou, nos fazem pensar se continuamos ou não blogando eu acredito que vale a pena continuar. Se você está fazendo algo que realmente gosta e que te deixa feliz acho que o objetivo maior já foi alcançado...o sucesso um dia será outra consequência boa de todo o esforço. <3

      Excluir
  6. Realmente, já vi cada blog porquinho com uns milhares de seguidores e blogs muito construtivos e legais com uns 40 seguidores que dá até raiva. Mas realmente, ter um blog faz muito bem, para o corpo, para a mente, para a alma...

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, temos que continuar por nós mesmas e pelas pessoinhas que realmente gostam do que fazemos. Sejam elas 4, 400, 4000 ou 4 milhões. :3

      Excluir
  7. Nossa Lara acho que se eu fosse escrever sobre o que eu aprendi com a blogosfera iria relatar as mesmas coisas que vc! Realmente fazer um post dá muito trabalho menina nossa mãe e realmente tem gente que faz qualquer bosta, tem mil colaboradores para produzir posts e ganha muito mais reconhecimento com algo que não é feito de coração. Tem gente que até publica post pronto, produzido por empresas e tal, vergonha!!! Mas enfim apesar de todas as dificuldades é muito bom ver que ao final tem gente que gosta de te acompanhar e curte seus posts e se identifica com eles, acho que isso sem dúvidas é o melhor de tudo. Um bj e um excelente carnaval!

    www.decoturnoespikes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Cami. Acredito que em todas as profissões aconteça isso, muita gente boa sendo desvalorizada, mas acredito também que quando se gosta do que faz o trabalho perpetua e dura. Esse povo que publica post pronto e tals, cedo ou tarde vai acabar desistindo.

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo